Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

riscos_e_rabiscos

.

.

* Riscos que uma pessoa corre..."

Anda uma pessoa a controlar a boca, a fazer uma almentação saudável e a perder uns quilitos.

 

Só que aqui a gaja esqueceu-se que isto reflete-se na roupa e perante o cenário de frescote e chuva, foi buscar uma roupinha mais invernil. Mas a Pepper é uma cabeça de vento, e esqueceu-se deste pequeno pormenor.

 

Passou as aulas todas a puxar as calças para cima com medo que elas se mandassem para o chão e depois ser alvo de chacota dos miúdos. Já no fim das aulas, quando os putos tinham quase todos saído, eis que se enrola toda nas calças - que são largas - pisa a bainha de uma perna e só não se estraçalhou toda no chão porque se agarrou a uma mesa com unhas e dentes!!!!

 

Fiquei a imaginar-me sem dentes e com uma perna e um braço às costas. É que a queda ia ser feia, oh se ia! 

Queda.jpg

 

No dia em que caí da cama...

Adormeci ao som da chuva que caía tocada a vento. Deitei-me com a dor de cabeça que a minha dor de coluna (por causa do vento) me provocou e nem a cabeça conseguia assentar na almofada.

 

Como já vos contei algures em posts mais antigos, o Bóbi gosta de se ir deitar na minha cama aos meus pés. E eu não me importo. Ele costuma fazer isto quando o tempo começa a arrefecer e sente frio. Vai à procura do calor das minhas pernas. Por isso, aos pés da minha cama está sempre uma coberta especial para ele, para que não se deite na minha roupa.

 

Com a baixa de temperatura repentina e com o vento forte, o menino Bóbi deve ter sentido frio e, esta noite, veio para a minha cama. Eu senti a presença dele junto às minhas pernas já de madrugada. Lá dei as minhas reviravoltas debaixo do edredon e continuei o meu sono.

Mais para a frente, o bicho aninhou-se mesmo no meio das minhas pernas que deviam estar semi-abertas ( não me lembro!).

 

Subitamente, começo a sentir o cão a descair para o lado e eu tentei ampará-lo com as minhas pernas. Ele a descair e eu a ampará-lo... Mas quem consegue amparar um canídio de 30 kilos só com uma perna (ele estava mais em cima de uma do que da outra)?!? É claro que isto não ia dar boa coisa...

 

De repente, só digo "Bóbi vais cair" e... catrapumba! Caio eu e o cão no chão! Já viram isto?!? Só me faltava ter partido a cabeça, já agora...

Um Quase Voo

                                             

 

 

Tenho de começar este posta a dizer “$=#!%”%(=&(#$&=!!! Alto e bom som! São todos contra o mesmo, neste caso a mesma.

 

A quarta-feira é o meu pior dia de trabalho, já o disse aqui várias vezes. Mas não é preciso começar mal… logo mal uma pessoa sai de casa… não é?

 

Sai uma pessoa de casa toda lampeirinha para ir beber o seu descafé matinal, quando aquilo se dá!

Saio da porta, encontro a vizinha com quem troco meia dúzia de palavras e começo a descer as escadas.

 

Pé atrás de pé e de repente… shazam! Desaparece-me tudo debaixo dos pés… entro em quase-queda livre e despontam umas asas nas minhas costas!

Escorrega-me o pé inexplicavelmente, desequilibro-me pra cima da m*rd* de um corrimão metálico que foi aqui colocado e não espeto um apoio metálico nas costas porque não calhou!

 

Proferi todos os impropérios cabeludos e só pensei que tinha rasgado na porcaria do corrimão e que me doía o tornozelo por causa da leve entorse. Vá lá não ser a patinha da fractura. Acho que os putos iam ficar muito conteste porque não iam ter aulas. Ou não!